inicial

logo-1

Aperte o PLAY

Carregando ...

Tocando Agora:

Carregando ...
RÁDIO R - BOAS FESTAS - 980x135

PEC que limita poder do STF não é prioridade do PT na Câmara dos Deputados, diz Zeca Dirceu

O deputado federal Zeca Dirceu, defendeu nesta sexta-feira, 24, que a discussão PEC que limita os poderes do STF não esteja entre as prioridades da Câmara dos Deputados neste ano. “Esta crise entre os poderes não interessa ao Brasil. O momento e a forma que esse texto foi votado, na minha avaliação, não é adequado e oportuno, a reação do Supremo fala por si só. A bancada do PT vai trabalhar para que esse tema não vire uma prioridade na Câmara”, disse no programa Brasil Meio-Dia na CNN.

“Para mim, pode ficar lá na gaveta parado e vamos defender isso no colégio de líderes e junto ao presidente Arthur Lira (PP-AL) porque é um tema inoportuno. O Brasil tem outras prioridades: acabar com a fome, gerar empregos, retomar os investimentos, como o presidente Lula está fazendo”, completou o líder do PT na Câmara dos Deputados.

Zeca Dirceu disse garantir que na bancada do PT não há nenhum tipo de mágoa ou ressentimento com as decisões do Supremo Tribunal Federal. “Eu tenho muita clareza que a harmonia entre os poderes é importante pro Brasil continuar crescendo com a retomada do emprego e do desenvolvimento do país. A pergunta que eu tenho feito é: a quem interessa uma crise entre os poderes? Ao trabalhador, à trabalhadora, ao empresário, ao agricultor, a quem está produzindo não interessa essa crise”, reitera.

“Não podemos analisar uma decisão política como essa, legislativa, de forma isolada. Nós sabemos o que aconteceu no dia 8 de janeiro. Nós sabemos o quanto o Supremo vem sendo atacado já ao longo dos últimos anos. Sabemos o quanto que há por parte de alguns uma tentativa de intimidação do STF porque não concorda com as decisões tomadas. Boas ou ruins, goste ou não, as decisões têm que ser respeitadas como a gente sempre respeitou”, afirmou.

País tem outras prioridades
O líder do PT afirmou que a bancada da Federação Brasil Esperança – formada ainda pelo PCdoB e PV – vai se reunir para encaminhar a questão que na sua avaliação não deve prosperar a tramitação da Proposta de Emenda Constitucional aprovada no Senado e encaminhada à Câmara dos Deputados. “Esse assunto não deve ser prioridade, não deve tramitar. Nós temos que avançar com as medidas econômicas, muitas importantes já foram aprovadas, e com a reforma tributária e aprovar a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e orçamento para o ano que vem”.

Os brasileiros, segundo Zeca Dirceu, têm outras prioridades. “As pessoas querem melhorias na segurança pública, melhorias na área da saúde, mais investimentos na educação. O Brasil vai crescer 3% esse ano, já geramos 1,6 milhão de empregos com carteira assinada. São essas as prioridades que estão acontecendo, a volta da Minha Casa, Minha Vida, dos Mais Médicos”, disse,

“A nossa bancada, vamos levar ao colégio de líderes, com todo respeito à quem tem visão diferente, vamos dialogar muito com o presidente Lira para que as prioridades até 31 de dezembro sejam outras e não essa PEC que veio em momento inoportuno, dentro de um contexto nos últimos meses e nos últimos anos de ataques aos poderes e de uma busca incessante por crise institucional”.

O governo anterior, disse o deputado, vivia de crises, polêmicas, mentiras e ameaças. “Esse não é momento que o Brasil quer reviver, tanto é que foi derrotado nas urnas”, completou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *