Acusado de abuso sexual contra criança de 6 anos no Distrito de São Lourenço é procurado pela Polícia Civil

A Polícia Civil está à procura de um homem, de 58 anos, morador do distrito de São Lourenço, que é suspeito de abusar sexualmente de uma menina de seis anos. O inquérito policial foi concluído pela Delegacia da Mulher, em Cianorte, com um pedido de prisão expedido pela Justiça em Cianorte. O suspeito não foi mais encontrado na casa onde mora.  informações é de que ele saiu do local dias após a denúncia do crime.

Curta nossa página no FACEBOOK e saiba de todas notícias de Rondon e Região

O pedido de prisão foi expedido no dia 15 de junho, 12 dias depois da denúncia. Ele foi ouvido por duas vezes e negou ter cometido o crime. Como não estava em situação de flagrante foi liberado até que as investigações apontassem autoria do crime.

Homem de 58 anos é preso em São Lourenço acusado de estupro de vulnerável contra criança de 06 anos

A criança foi encaminhada a exames no Instituto Médico Legal (IML). O delegado à frente do caso, Wagner Quintão, informou que o laudo não apresentou rompimento ou penetração, mas, segundo o delegado, isso não anula a suspeita de abuso. 

“Várias testemunhas foram ouvidas, e a maioria confirma que viu o suspeito mostrar o órgão genital, ou chamar a menina e outras crianças para dentro de casa, isso tudo configura abuso sexual infantil”, disse.

Na semana do crime, a Justiça determinou uma medida de proteção e distanciamento em favor da vítima para evitar contato do suspeito com a criança. O homem tem passagem pela polícia por disparo de arma de fogo, e morava sozinho em uma residência do distrito, e frequentemente recebia visitas das crianças da região.

A denúncia foi feita pela mãe da menina que soube pela vizinha que o suspeito teria oferecido R$ 10 para tocar no corpo da filha, e que a ação aconteceu mais de uma vez. Durante uma discussão entre os vizinhos, o homem chegou a usar spray de pimenta nos envolvidos. A confusão chamou a atenção da Polícia Militar, que deteve o acusado e depois foi encaminhado a 21º Subdivisão da Polícia Civil em Cianorte.

Fonte: Tribuna de Cianorte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *