Suspeita de matar mulher esfaqueada durante briga se apresenta à polícia, em Maringá

Segundo a polícia, em depoimento, mulher confessou ter matado garota de programa enquanto se defendia das agressões da mesma. Polícia Civil suspeita de que briga ocorreu por ponto de prostituição.

Curta nossa página no FACEBOOK e saiba de todas notícias de Rondon e Região

Uma jovem suspeita de matar uma mulher, de 35 anos, se apresentou à Polícia Civil, na sexta-feira (26), em Maringá, no norte do Paraná, conforme a Delegacia de Homicídios.

Garota de programa é morta com facada no peito após briga por ponto de prostituição em Maringá

Segundo o delegado Diego Almeida, em depoimento, a jovem confessou ter matado a garota de programa, na quarta-feira (23), ao se defender das agressões da mesma.

Durante o interrogatório, conforme o delegado, a mulher disse que a vítima tentou agredi-la e, por isso, reagiu.

Depois de dar um golpe de faca na vítima, a suspeita disse que saiu correndo. Durante a briga, a suspeita quebrou um dente e procurou um dentista.

Após ser ouvida, a mulher foi liberada. Segundo o delegado, há um pedido de prisão temporária que está sendo analisado pela Justiça.

A principal linha de investigação da Polícia Civil é que a briga ocorreu por um ponto de prostituição.

O crime aconteceu ao lado de um colégio, que fica na região central da cidade. A Polícia Militar (PM) informou que as duas brigaram durante a tarde, mas nenhuma das mulheres quiseram representar na delegacia.

A Polícia Civil continua investigando o caso.

Fonte: G1 Paraná

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *