PM de São Tomé é chamada para conter briga após mulher ser mordida por cachorro

Por volta das 21h, desta terça-feira (26), a equipe policial de São Tomé, recebeu solicitação via Central de Comunicações, que na Rua Gentil Cândido Pereira estaria acontecendo uma briga generalizada.

Curta nossa página no FACEBOOK e saiba de todas notícias de Rondon e Região

No local, a equipe foi recebida por uma das partes, que afirmou que se encontrava em sua residência, quando uma motoneta Honda Biz, de cor vermelha, ocupada por duas pessoas, aparentemente do sexo masculino, o ocupante da garupa, segundo o relato, estava de posse de uma lajota e com o intuito de feri-lo.

O solicitante, informou que para não ser agredido pelo homem, que estava de posse da lajota, foi de encontro aos dois e tentou segurá-los, porém, os dois vieram a cair da motoneta.

A equipe ouviu a outra parte envolvida, o qual relatou que, alguns minutos atrás a condutora (18 anos) estava transitando pela Rua Gentil C. Pereira, quando foi surpreendida por um cachorro, que começou a persegui-la e em dado momento, o animal mordeu sua perna direita. Após a agressão, a vítima procurou atendimento médico e assim que liberada, retornou ao endereço do fato, juntamente com um rapaz (garupa) menor de idade (15 anos), afim de comunicar e indagar o responsável pelo animal, sobre o ocorrido. Segundo a mulher, o menor estava segurando uma lajota com o intuito de se protegerem. Porém, ao se aproximarem da residência, foram recebidos pelo morador (47 anos), com socos e tapas, vindo a sofrerem uma queda.

Durante a abordagem aos envolvidos, constatou-se que a motoneta envolvida no fato, apresentava débitos provenientes desde o ano de 2019 e era conduzida por um condutor não habilitado. Diante dos fatos, a motoneta e as três partes envolvidas foram conduzidas, para os procedimentos de praxe.

Fonte: Comunicação Social da 5ª CIPM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *